A sessão de apresentação da candidatura de Arménio Costa à Junta de Freguesia de Canelas decorreu no Centro Cívico da freguesia e contou com a presença de Eduardo Vítor Rodrigues, candidato à Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, e de Patrocínio Azevedo, Presidente do PS Gaia.

Patrocínio Azevedo recuou oito anos, altura em que o candidato era já conhecido na freguesia como um “filho da terra”. “Uma pessoa simples e discreta, mas que tem em si um conjunto de características que o fazem ser uma pessoa diferente. É alguém que coloca a sua freguesia à frente de tudo”, descreveu.

Arménio Costa, por sua vez, destacou a presença dos pais, os seus pilares. “Há oito anos apresentei-me, propondo-me governar a Junta de Freguesia de Canelas e recebi um voto de confiança”, afirmou. O candidato acredita que as pessoas continuam a confiar no seu projeto, o que lhe dá uma energia redobrada para fazer mais e melhor pela freguesia. Com a maior área industrial de Gaia, o objetivo passa por “continuar a construir uma freguesia mais moderna, inovadora, sustentável e onde o foco continua a ser as pessoas”.

A sessão encerrou com a intervenção de Eduardo Vítor Rodrigues. “Vila Nova de Gaia é muito mais do que uma soma de freguesias. Esta interdependência ganha-se com uma atitude proativa de articulação entre as freguesias. Quando falamos da Rua Delfim de Lima, é evidente que falamos da Rua Delfim de Lima, em Canelas, mas o serviço que esta via presta aos Gaienses não se cinge a Canelas. Quando pensamos no metro, pensamos num meio de transporte que no rebatimento com a carreira da UTC, que aqui passa, vai permitir um acesso mais rápido à cidade do Porto”, exemplificou o candidato à Câmara Municipal.

“Sempre que melhorarmos a cada ano as nossas contas isso repercute-se na vida dos cidadãos, como é o caso da extinção da Taxa das Rampas e da Taxa da Proteção Civil. Vivemos num país que ainda tem muitas injustiças socias. Temos de apoiar aqueles que precisam. Que esta apresentação sirva para refletirem e avaliarem o trabalho desenvolvido, dando o exemplo de um projeto recentemente inaugurado em Canelas. “Queremos continuar o trabalho de reconstrução da cidade. Eu não prometi o Auditório de Canelas. Comprometi-me a fazer tudo o que estivesse ao meu alcance para tornar realidade este equipamento”, concluiu.